A MENINA QUE SEMPRE DESISTE


E a história se repete, ela desistiu mais uma vez, mas isso não é novidade, isso já era mais do que esperado por todos. Ela desistiu deixando algo para trás, arrependimentos podem surgir, mas o que era para ser feito, já foi feito.

Depois de muitos cursos e ideias, fiquei conhecida por desistir de tudo. Até alguns dias atrás via isso como algo ruim, foi o que acreditei por anos, mas mudei de ideia em relação a isso – e é bem simples o motivo de ter mudado de opinião – agora isso serve para abrir meus olhos.

Digo com todas as letras, sou ingênua demais! Sabe quando somos pequenos e assistimos a um filme da Disney? Sempre queremos ser um dos personagens, assim sou eu até hoje. Se eu conheço um curso, quero fazer porque é algo novo para mim, uma novidade, então na minha cabeça é algo que eu realmente quero e gosto, mas depois de um tempo eu simplesmente me canso e desisto.

Então um dia ai, estava lendo um livro (um livro muito bom por sinal – Extraordinário – indico totalmente) eu percebi que quando eu realmente quero/gosto de algo, eu não paro até terminar. Sim, eu não parei de ler até terminar o livro, li em um dia. Ok, não é algo surpreendente, muitas pessoas fazem isso, mas não para por ai! Eu terminei o livro e comecei a analisar o que tinha acabado de acontecer, então comecei a pensar em todas as outras vezes que já fiz isso, um exemplo claro é o layout do blog, eu simplesmente não conseguia parar (na verdade todas as vezes que eu criava um layout/blog novo, não parava até terminar).

Percebi assim que para não dar decepções para os outros, eu apenas tenho que pensar antes de começar algo, me perguntar “Eu realmente gosto disso? É algo que vou ficar com uma vontade incontrolável de nunca parar?” Se as respostas para essas perguntas forem sim, me jogarei totalmente, se forem não, um tanto quanto obvio, fugirei para as colinas. Logo, nem eu, nem ninguém sairá magoado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário